sábado, 4 de janeiro de 2014

Inveja Oculta

Línguas fétidas por vezes
exalam perfumes 
inalo consciente de sua
podridão...cão raivoso
disfarçado em pelo
de algodão....
Aspiro...expiro 
Me guardo. Me calo.
Uma meta. Me guia....fria.
Um horizonte....meu norte.
Mato... vivo.... Olhos frios.
No escuro... o oculto 
um negro coração.
Aspiro...expiro.

NuchtyPenna

 







Nenhum comentário:

Postar um comentário